Se você já desejou que o dia tivesse mais do que 24 horas, sente confortavelmente e pegue um café: nós precisamos conversar!

A sensação de frustração que temos quando há um desequilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal é sufocante. Nossos valores acabam sendo colocados em segundo plano e, momentaneamente, nos sentimos culpados pela rotina que o mundo nos impõe.

O fato é que não se trata de uma imposição, mas sim de uma escolha pessoal. Colocar limites nas diferentes áreas de nossas vidas é essencial para alcançar o equilíbrio.

A seguir, veja algumas dicas para equilibrar o trabalho com a vida pessoal:

1. Aprenda a dizer não

O equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal depende dessa habilidade. Você não é obrigado a comprar algo que não quer ou ficar sobrecarregado porque alguém faltou com um compromisso no trabalho. Ouça mais os seus desejos.

2. Organize a sua agenda

Entenda que para tudo há o momento certo — ou seja, evite misturar as coisas. Expediente serve para se dedicar ao trabalho e estar em casa significa descansar, conviver mais consigo e com os seus familiares.

3. Estabeleça prioridades

Pare de perder tempo com bobagens que não agregam valor. Desafie-se a terminar todas as tarefas que iniciar. Concentre-se em suas atividades e evite, ao máximo, perder o foco. O que é importante para você? Um livro muito bom e que pode te ajudar muito nesse aspecto chama-se “A Arte de Fazer Acontecer“. Escrito por Davida Allen, sua teoria é simples: nossa capacidade de ser produtivos é diretamente proporcional à nossa capacidade de relaxar.

Livro a Arte de Fazer Acontecer

4. Economize tempo

Faça com que a tecnologia seja uma aliada da sua rotina. Na ida para o trabalho, aproveite a disposição para organizar a lista do supermercado — se der, faça as compras online. Já na volta, aproveite para ouvir suas músicas preferidas e relaxar.  Um aplicativo muito bom que pode te ajudar a se organizar é o Wunderlist. Veja esse vídeo do canal do Cássio Augusto que ensina a usar as técnicas do GTD ensinadas no livro do Allen utilizando o Wunderlist.

5. Exercite a flexibilidade

Evite se tornar escravo da agenda e do planejamento. Se você tem um propósito de vida, continue firme com ele e jamais abra mão de suas convicções. Para equilibrar o trabalho com a vida pessoal, precisamos ser mais flexíveis e aceitar o incontrolável.

6. Delegue responsabilidades

Pare de se cobrar por tudo e entenda que todos devem ter responsabilidades. Então, delegue mais funções aos outros. Você não é o dono do mundo e muito menos o senhor da razão. Divida tarefas. Para isso é muito importante ter uma comunicação autêntica e eficaz.

7. Seja otimista

Encare os problemas sempre com um olhar otimista. Por pior que esteja a situação, lembre-se de que há sempre uma ou mais saídas. Respire fundo e não se entregue antes do tempo. Assuma o papel de protagonista, jamais o de vítima.

10 dicas para equilibrar o trabalho com a vida pessoal Click to Tweet

8. Obedeça aos prazos

Evite a procrastinação. Se você tem que fazer ou entregar algo e há tempo para isso, aproveite para se esforçar. Não deixe que a preguiça empurre os seus compromissos do trabalho para o horário de descansar e curtir a família.

9. Desconecte-se de vez em quando

O fato de permanecermos conectados o dia todo emite um falso sinal verde para as outras pessoas, incentivando-as a misturar trabalho e vida pessoal. Se você não deseja que uma esfera interfira na outra, experimente desligar o smartphone de vez em quando.

10. Avalie o seu ritmo de vida

É impossível tentar seguir o ritmo frenético que tomou conta do mundo. Muitas vezes, ligamos o piloto automático e passamos a viver como zumbis — sem enxergar o mínimo de sentido ou prazer nas coisas que fazemos.

Se você trabalha incontáveis horas por dia, sente que não está entregando o seu máximo e está sem tempo, esse é o momento de avaliar seu ritmo de vida.

Equilibrar o trabalho com a vida pessoal é um desafio para quem está com o piloto automático ligado. Por algum tempo, seus valores reais foram deixados de lado e agora eles estão pedindo para que você os considere.

Você já pensou, por exemplo, em meditar? Leia o nosso post sobre lugares bonitos e agradáveis para praticar meditação na cidade de São Paulo!